sábado, 31 de março de 2012

Não Foi Acidente



Bruna Baltresca, 28 anos- (Data do crime: 17/09/2011)

Bruna caminhava na calçada do shopping Villa Lobos (SP) com a mãe, Miriam Baltresca (58), quando foram atropeladas por Marcos Alexandre Martins. Esta menina de sorriso lindo foi levada ao hospital Santa Casa de Misericórdia, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Marcos foi preso, mas, após atestar pobreza, foi solto sem pagar fiança. Hoje, aguarda o término do inquérito em casa, livre. Não Foi Acidente!

A revista TPM homenageou Bruna de uma forma muito especial:http://revistatpm.uol.com.br/revista/115/perfil/bruna-baltresca.html

sexta-feira, 30 de março de 2012

Não Foi Acidente



Gilmar Rafael Yared, 26 anos- (Data do crime: 07/05/2009)

Era madrugada do dia 07 de maio de 2009. Gilmar Rafael Yared, 26, e Carlos Murilo de Almeida, 20, voltavam de um shopping e seguiam em um Honda Fit branco. No outro veiculo, Fernando Ribas Carli Filho, 26, na época deputado estadual, havia saído de um restaurante e estava alcoolizado. Carli Filho estava no Passat SW preto e dirigia com a carteira de habilitação suspensa. Com 24 multas por excesso de velocidade, 5 delas na rua do crime que tem velocidade máxima permitida de 60 km por hora.

O Honda Fit branco freou e entrou devagar na rua quando o Passat preto do deputado que, devido à velocidade e o desnível da rua, decolou. Voando, colidiu com o primeiro carro e veio a capotar. Ao passar sobre o carro branco, decapitou Carlos e Gilmar.

Para um melhor entendimento do crime, a família de Yared contratou uma perícia particular. Neste vídeo é explicado o que aconteceu naquela noite:

A família iniciou a campanha “190 Km/h é crime! Justiça já!” e a mãe de Yared criou o site: 
www.190kmhecrime.com
com a finalidade de ser uma ferramenta útil na luta contra a violência e a impunidade no trânsito brasileiro.

Em 2011, foi decidido que Carli Filho irá a júri popular. Neste mesmo ano, a defesa do ex-deputado, que renunciou ainda no hospital, tentou culpar os dois jovens mortos na tentativa de evitar o juri. Não foi acidente!


VISITE O SITE: 

Não Foi Acidente


Kaio César Alves Ribeiro, 23 anos- (Data do crime: 18/11/2011)

O lutador de jiu-jítsu Kaio César Alves Ribeiro, 23 anos, era atleta da Federação do Estado de São Paulo, vice-campeão brasileiro, campeão paulista, faixa marrom e se preparava para disputar um campeonato mundial nos Estados Unidos. Kaio voltava da casa da namorada quando foi atropelado na calçada por um Audi que, ao atingi-lo, empurrou-o contra um portão. Ele teve três paradas cardíacas e faleceu.

Adriane Aparecida Pereira Diniz de Souza, 42 anos, que perdeu o controle da direção do Audi, fez o teste do bafômetro e foi confirmada a embriaguez. Fabrício Narciso Rodrigues da Silva, 32 anos, que dirigia o Camaro (outro carro envolvido), tentou fugir do local, mas foi detido pouco depois pela PM. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas foi levado para fazer exame de sangue. O advogado de Fabrício – que defende Adriane – nega que estavam ‘tirando racha’, mas confirmou que ela estava disputando velocidade com o Camaro. Já Fabrício afirma que apenas estava levando um amigo para casa.

Os motoristas foram indiciados por homicídio doloso, quando há intenção de matar. Após pagar fiança, foram soltos, beneficiados por um Habeas Corpus. Adriane pagou a fiança de R$ 109 mil. Fabrício pagou a quantia de R$ 163.500.

Em 8 de dezembro de 2011, a perícia fez a simulação do racha. O resultado ainda não foi divulgado. Sabemos que Não Foi Acidente!


VISITE O SITE: 

Incompetência

Temos o congresso mais caro do mundo, deputados e senadores que nos custam o olho da cara, e que estão lá (em tese) para legislar. Para tal tarefa dispõe de todos os recursos que o dinheiro pode comprar, então porque o resultado é tão pífio ou mal produzido de acordo com a matéria do Estadão:

"Como a Lei Seca foi mal redigida, apesar das boas intenções de seus autores, ela contém dispositivos excessivamente detalhistas, medidas que conflitam com o Código Penal e até problemas conceituais. A decisão do STJ, portanto, está tecnicamente correta, embora pareça ser, na prática, um desserviço ao combate à embriaguez no volante."

quinta-feira, 29 de março de 2012

PARTICIPE


ASSINE a Petição!
Você pode ajudar ATIVAMENTE a mudar nossa lei e acabar com a impunidade no trânsito brasileiro. Clique no link abaixo e assine eletronicamente nossa petição pública!

quarta-feira, 28 de março de 2012

Millôr Fernandes *1924+2012



Gilrikardo disse: Imaginem que sou fã de carteirinha do Millôr desde minha adolescência, décadas depois tornei-me fiel leitor do Professor Janer Cristaldo cuja admiração pelo Millôr estampou em seu blog cfe. transcrito abaixo:


****************************************
FINALMENTE MORRE UM HUMORISTA NO BRASIL

.
A imprensa nacional saudou, na semana passada, a morte de um humorista. Em verdade, quem morreu foi um piadista vulgar. O humorista morreu hoje. Millôr Fernandes, enfim um escritor sem estilo, como se definia.
.
Acompanho Millôr desde meus dias de guri, quando assinava coluna em O Cruzeiro. Guardo até hoje comigo sua “Verdadeira História do Paraíso”, em dez páginas, publicada em outubro de 63, que lhe valeu a expulsão da revista.
.
"Eva, de repente, descobrindo uma bela cascata, resolveu tomar um banho de rio. A criação inteira veio então espiar aquela coisa linda que ninguém conhecia. E quando Eva saiu do banho, toda molhada, naquele mundo inaugural, naquela manhã primeval, estava realmente tão maravilhosa que os anjos, arcanjos e querubins, ao verem a primeira mulher nua sobre a Terra, não se contiveram, começaram a bater palmas e a gritar, entusiasmados: "O AUTOR! O AUTOR! O AUTOR!".
.
P.S. - Este discurso do Todo-Poderoso está sendo divulgado pela primeira vez em todos os tempos, aqui neste livro. Nunca foi publicado antes, nem mesmo pelo seu órgão oficial, a BÍBLIA".
.
Fechava a historieta com chave de ouro:
.
“Toda essa pressa,
demonstra-o incompetente.
Porque fazer a humanidade em sete dias,
Se tinha a eternidade pela frente?”
.
Nos anos 80, encontrei Millôr em um restaurante da Avenida da Rendeiras, em Florianópolis, acompanhado pela Cora Rónai. Me apresentei como seu freguês de livreta e conversamos boa parte da tarde. Comentei ter recortado a “Verdadeira História” da Cruzeiro.
.
- Não acredito. Não tens idade para isso.
.
Tinha. E recitei alguns trechos da história. Mas passo a palavra a Millôr, para que conte o episódio.
.
- Posteriormente, a história foi apresentada, também, na TV Tupi do Rio, e num espetáculo teatral, Piftac-Zigpong, antes de ser vendida como matéria especial com contrarecibo e pagamento adiantado, pois eu conhecia bem a administração da empresa, para a revista O Cruzeiro, em maio de 1963. A revista, creio que por motivos de programação, só publicou a história seis meses depois, em outubro, ocasião em que eu viajava pela Europa. Uma noite, estando numa festa em Lisboa, me lembro de que havia, na festa, uma ilustre companhia, desde a senhora Princesa da Fátima à não menos senhora condessa de Paris, pois eu, Proust e Ibrahim Sued estamos sempre nessas, o cantor Juca Chaves se aproximou de mim com aquele ar satânico de quem vai anunciar a repetição do terremoto de 1755 e perguntou: "Você viu o que O Cruzeiro escreveu contra você?" Vi no dia seguinte, na embaixada. 
.
- Na primeira página da revista, na qual eu tinha trabalhado 25 anos (seis meninos, tínhamos elevado a vendagem da revista de 11.000 a 750.000 exemplares semanais, a maior da imprensa brasileira em todos os tempos) havia um incrível editorial contra mim, naturalmente não assinado, no qual se dizia que eu tinha publicado a história, dez páginas em quatro cores (!), sem conhecimento da redação, da secretaria e, conseqüentemente, da direção do semanário. Acho que o fato é inédito na história da imprensa e da pusilanimidade internacional e só foi mesmo possível devido ao caos moral em que se transformaram os Diários Associados, desagregação essa que, pelo gigantismo da organização, influenciou, e influencia ainda hoje, no pior sentido, a imprensa brasileira.
.
Em minha biblioteca, tive por vários anos os quatro exemplares de O Pif-Paf. Infelizmente, sumiram. Ainda nos anos 80, tive oportunidade de fazer uma rápida correção a Millôr. Em sua coluna na Veja, ele escrevera que Shakespeare e Cervantes haviam morrido na mesma data, 23 de abril de 1616. No mesmo dia, sim, comentei. Mas não na mesma data. Castela utilizava o calendário gregoriano desde o século XVI, enquanto a Inglaterra só o adotou em 1751. Ou seja, Shakespeare morreu dez dias depois de Cervantes. Millôr recebeu a observação com simpatia.
.
Colunista no Pasquim, Millôr acabou se incompatibilizando com os vivaldinos que faziam da contestação seu pé de meia. Foi um dos raros intelectuais do país a definir a verdadeira natureza dos revolucionários pós-64. "A luta armada não deu certo e eles agora pedem indenização? Então, eles não estavam fazendo uma rebelião, mas um investimento". Ziraldo e Jaguar receberam, cada um uma bolsa-ditadura, de R$ 1,2 milhão e R$ 1 milhão respectivamente.
.
Autodidata - não teve universidade, exceto a do Meyer, como gostava de chamar a Escola Ennes de Souza, onde estudou de 1931 a 1935 – Millôr tinha amplo domínio de línguas e da cultura ocidental. Publicou mais de cinqüenta livros, quinze peças e uma centena de traduções de dramas, tragédias e comédias. Considerado o melhor tradutor de Shakespeare no Brasil, tinha da tradução uma concepção nada teórica, mas rigorosa:
.
- Fica dito: não se pode traduzir sem ter uma filosofia a respeito do assunto. Não se pode traduzir sem ter o mais absoluto respeito pelo original e, paradoxalmente, sem o atrevimento ocasional de desrespeitar a letra do original exatamente para lhe captar o melhor espírito. Não se pode traduzir sem o mais amplo conhecimento da língua traduzida mas, acima de tudo, sem o fácil domínio da língua para a qual se traduz. Não se pode traduzir sem cultura e, também, contraditoriamente, não se pode traduzir quando se é um erudito, profissional utilíssimo pelas informações que nos presta – que seria de nós sem os eruditos em Shakespeare? – mas cuja tendência fatal é empalhar borboleta. Não se pode traduzir sem intuição. Não se pode traduzir sem ser escritor, com estilo próprio, originalidade sua, sendo profissional. Não se pode traduzir sem dignidade.
.
Nada a ver com o vulgar piadista da Globo. Compartilhava comigo – e suponho que era o único a compartilhar – minha visão de Machado de Assis como um escritor banal. Sempre considerei absurdo o fato de a crítica tupiniquim considerar como o grande drama nacional o fato de Capitu ter ou não ter traído Bentinho. Dizia Millôr:
.
- Machado de Assis é um bobo, mas todo o mundo o coloca no céu. É difícil a pessoa recuar naquilo que absorve na juventude. Minha cabeça funciona o tempo todo. A questão da Capitu em Dom Casmurro, por exemplo. Fica todo o mundo preocupado se a Capitu deu ou não para o Escobar. Ora, é evidente que sim. O livro diz que o filho da Capitu tem a cara do Escobar. Demonstro com evidências que Capitu traiu. Bentinho descreve de tal maneira Escobar que ele parece mesmo apaixonado pelo amigo. Peguei trechos sintomáticos do Bentinho no livro. Escobar se afasta no ônibus e Bentinho fica triste porque ele não lhe dá adeus. Eles ficavam de mãos dadas no colégio de padres e os padres achavam aquilo estranho. Não era normal. Dom Casmurro é um livro fraco.
.
Assino embaixo. Requiescat in pace, caríssimo. Que o inferno te seja ameno. Lá, encontrarás boa companhia, Swift, Voltaire, Nietzsche. No paraíso estão os puxa-sacos de Jeová, que não deve ter gostado de tua versão da Criação.
.
Enviado por Janer @ 3:44 PM

Millôr Fernandes *1924+2012

Gilrikardo disse: Meus heróis não morreram de overdose, muito pelo contrário, agarraram-se com unhas e dentes a cada possibilidade de viver um segundo a mais. Mas tudo tem seu tempo e a hora deste, a quem considero um grande mestre, chegou. Hoje. Deixo aqui o registro de meus pêsames.

******************************* 


Morreu na noite dessa terça-feira, dia 27, no Rio de Janeiro, o escritor carioca Millôr Fernandes. Ele tinha 87 anos e teve falência múltipla de órgãos em sua casa.
.
Segundo o jornalista da Band Ricardo Boechat, que conversou com o filho de Millôr, Ivan Fernandes, o corpo do escritor permanecerá hoje em uma funerária e será velado nesta quinta-feira, dia 29, a partir das 10h, no cemitério Memorial do Carmo, no Caju, zona portuária da capital. Em seguida, às 15 h, o corpo será cremado.

Em 2011, o escritor foi internado duas vezes na Casa de Saúde São José, também no Rio, mas os motivos da internação não foram divulgados.
Em entrevista ao canal GloboNews na manhã de hoje, o jornalista Zuenir Ventura lamentou a morte do amigo. "É realmente uma perda. A perda de um gênio. É uma perda para o jornalismo, para o teatro, para a literatura, porque o Millôr fazia tudo", afirmou.

.
Talento multifacetado
Além de escritor, Millôr também foi desenhista, jornalista e dramaturgo de destaque.
Nascido em 27 de maio de 1924 - segundo sua certidão de nascimento, mas a família diverge sobre o registro da data correta - o escritor ficou órfão de pai um ano depois e aos dez anos perdeu a mãe. Com pouca idade, viu sua família se separar e cada irmão teve de ir morar com um parente.
"Morto meu pai. Nessa idade a orfandade passa impressentida. Mas a família - mãe com quatro filhos - cai de nível imediatamente", escreveu o jornalista na biografia apresentada por seu site oficial.
"Morta minha mãe. Sozinho no mundo tive a sensação da injustiça da vida e concluí que Deus em absoluto não existia. Mas o sentimento foi de paz, que durou para sempre, com relação à religião: a paz da descrença", acrescentou ainda sobre as perdas.
Aos 14 anos, entrou na carreira jornalística e aos 19, na revista "O Cruzeiro", que viu em seis anos sua tiragem subir de 11 mil para 750 mil exemplares, tornando-se uma grande influência na formação da opinião pública no Brasil.
Em 1957, aos 33 anos, expôs seus primeiros desenhos no Museu de Arte Moderna.
Millôr também for um dos criadores do jornal "O Pif-Paf" que, apesar de ter durado apenas oito edições, é considerado o ínicio da imprensa alternativa no Brasil. Colaborou ainda ativamente com "O Pasquim", publicação de forte oposição ao regime militar.
O escritor ainda traduziu várias peças de Shakespeare, tornando-se referência no meio teatral. Também colaborou em jornais como "O Globo" e "O Estado de S. Paulo", além da revista "Veja".
Na virada do século, lançou seu site oficial "Millôr Online". Mesmo com a avançada idade, foi sempre ligado a internet, às redes sociais, e possuía conta no Twitter com mais de 360 mil seguidores.

terça-feira, 27 de março de 2012

Ler para quê?

Cerca de 75% dos brasileiros jamais pisaram em uma biblioteca, diz estudo

.
Pesquisa do Instituto Pró-Livro mostra que 71% da população têm fácil acesso a uma biblioteca
.
Edison Veiga e Paulo Saldana - O Estado de S.Paulo
.
O desempregado gaúcho Rodrigo Soares tem 31 anos e nunca foi a uma biblioteca. Na tarde desta terça-feira, ele lia uma revista na porta da Biblioteca São Paulo, zona norte da cidade. "A correria acaba nos forçando a esquecer essas coisas." E Soares não está sozinho. Cerca de 75% da população brasileira jamais pisou numa biblioteca - apesar de quase o mesmo porcentual (71%) afirmar saber da existência de uma biblioteca pública em sua cidade e ter fácil acesso a ela.
.
Vão à biblioteca frequentemente apenas 8% dos brasileiros, enquanto 17% o fazem de vez em quando. Além disso, o uso frequente desse espaço caiu de 11% para 7% entre 2007 e 2011. A maioria (55%) dos frequentadores é do sexo masculino.
.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Sensação

Estou com a sensação de que tudo urge, tudo é rápido, tudo é passageiro... Pelo menos assim tem sido o trato com nossa educação, cultura, política e pequenos avanços que se consegue. Vivemos em uma era onde o tempo de gestação ou germinação de uma ideia ou maturação de algum conhecimento é etapa que não existe mais. 

Devemos parir tudo pronto ao gosto de quem aí está... não temos tempo para estudos, exercícios mentais e outros objetivos relacionados á paciente labuta de se adquirir conhecimento. É a ganância exigindo urgência para logo se tornar célebre... pouco importa o resto ou as etapas eliminadas.

domingo, 25 de março de 2012

Rir é o melhor remédio

O catarinense

Cinco amigos: um carioca, um paulista, um mineiro, um baiano e um catarinense estão tomando cerveja em um bar e inicia uma discussão interminável de qual seria o melhor estado do Brasil.
O Carioca logo saiu dizendo:
- Não há dúvida, o Rio é o melhor: tem a cidade mais bela do mundo, o povo mais alegre, muito sol, futebol, carnaval e as mulheres mais quentes do Brasil, e tem o César Maia.
O Paulista, engasgado pela dianteira do carioca, disse:
- Não tem a menor dúvida que é São Paulo, pois é a usina que movimenta o Brasil, tem a maior metrópole da América Latina, o povo mais trabalhador, mais rico, e tem o Lula.
Rapidinho o Mineiro disse:
- Minas sô, não tem praia, mas ta perto, tem a melhor culinária, a melhor cachaça, e também tem Itamar Franco.
Depois o Baiano:
- O melhor é a Bahia: tem Carnaval, tem frevo, tem o acarajé, tem Salvador, umas das cidades mais belas, e tinha o ACM.
Como o Catarinense não se manifestou, eles perguntaram:
- E aí, Catarina por que está tão quieto? Qual é a tua opinião?
O Catarinense finalmente respondeu:
- Pra mim é o Paraná, o melhor estado.
- Ué, Catarina, não vai defender o teu estado? Por quê o Paraná?
- Porque é o Paraná que separa Santa Catarina de toda essa merda aí de cima!

sábado, 24 de março de 2012

Gracinhas

É interessante a forma com que certos problemas procuram solução. Tal qual a mensagem que tem sido veiculada insistentemente sobre o tema da adoção. É patrocinada pela Assembléia Legislativa, Tribunal de Justiça, OAB e Ministério Público. Através do Portal Adoção são relatados casos e mais casos ilustrando a quem caberia adotar.
.
Mais interessante seria se a OAB, o Tribunal de Justiça, o Ministério Público e a Assembléia Legislativa tornassem essa campanha mais intensa e atrativa entre seus membros e familiares, pois sabemos que o nível de salários desse pessoal é suficiente para acomodar mais alguns “especiais” sem comprometer a saúde de outros.
.
Nosso país é engraçado, enquanto a uns cabem as mordomias, os melhores salários, enfim uma vida cheia de prazeres, a outros, e inclusive por sugestão desses agraciados, cabe o altruísta dever de segurar as pontas, «güentar» a barra, proporcionar a cura, bancar a solidariedade... realmente, a nossa elite é uma gracinha.
.
http://www.portaladocao.com.br/

sexta-feira, 23 de março de 2012

Corrupção


Há décadas escuto sobre essas maracutais.Todo mundo sabe e todo mundo finge não saber, uns porque de nada adianta, outros porque direta ou indiretamente tiram alguma casquinha do esquema. Percebe-se isso mais facilmente em cidades do interior (onde nasci e me criei), lá a vida de todos é do conhecimento de todos. Sendo assim, não acredito que isso acabe algum dia, pelo menos na minha geração, quiça nalgum milênio adiante. Infelizmente não acredito em milagres... só nos resta espernear, gemer, lamentar e salve-se quem puder.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Momentos

Em certos dias, 
aliás certas noites,
uma sonata basta-me! 
Alivia-me a dor jamais sentida, 
dor imaginada! Quando daqui partir.


Rir é o melhor remédio

quarta-feira, 21 de março de 2012

Defuntus Sebentus

Gilrikardo disse: Imagino uma bolsa de apostas para ver quem dos "hermanos" desembarca primeiro: FIDEL, CHAVES ou LULA. 
A sorte esta lançada.

Do blog O MASCATE em 21/03/2012



Olhando a imagem "Oficial" do ex presidente, o enfermo Defuntus Sebentus chego a conclusão de que o Oráculo de Garanhuns tá phudidinho, "o cara" tá definhando a olhos vistos, mesmo com toda a propaganda de que ele em breve estará curado da doença.
.
Coisa que sinceramente não faço votos de melhoras. Não sou hipócrita e muito menos politicamente correto.
.
Esse cidadão que deveria estar em casa tratando de sua doença, não para de fazer política, mesmo com as patas na cova, ele continua tentando influenciar e manipular as eleições de 2012. Ele tem um fotografo de plantão no hospital para fazer os flagrantes dos "ilustres" visitantes e auto propagandear sua doença. 
.
Isso é a espetaculização do câncer. Uma vergonha. Minha saudosa avó sempre dizia que "aqui se faz, aqui se paga" e pelo visto ele está pagando, e caro por conta das mentiras e de toda a propaganda enganosa que enfiou goela abaixo dos pobres e burros cidadãos da pocilga.
.
Todas as suas manobras para manter uma tal governa-bilidade, estão explodindo na cara da sua çuçeçora, a corrupção e a desfaçatez com que a política está sendo conduzida no Brasil é um câncer que fez metástase em todas as instituições do país.
.
O Brasil da democracia caolha e mambembe está doente, e pelo visto, crônico.
.
Por mais que alguns setores da sociedade gritem e esperneiem pela moralização da pocilga, a grande massa está sofrendo com a quimioterapia do pão e circo, onde a maior invenção política que o Sebento poderia ensinar para seus seguidores foi uma Copa do Mundo.
.
Trazer o evento mundial da alienação ludopédica foi a cartada final para ajoelhar de vez a população burra de Banânia aos pés do todo poderoso de Garanhuns. Sem, contar, é claro, com a eleição da Dentuça.
.
O povão tá feliz feito pinto no lixo por conta de um mundial de futebol nas terras da ex colônia de Portugal. Estão dispostos até a terem que passar mais duas gerações de atraso e falta de tudo em nome do tal HEXA que com a ajuda da providência divina, não virá.
.
As contas dessa aventura virão no futuro, e enquanto as Ratazanas Vermelhas estiverem no poder a população não terá o verdadeiro impacto que causou esse mundial na sociedade tupiniquim. Mas a história um dia irá julgar, pena que muitos de nós não estaremos mais aqui quando esse dia chegar.
.
Mas por enquanto vamos torcendo para que seja feita a vontade do câncer. Amém!!
.
.....................

E para aqueles que acham que sou insensível aos problemas de saúde dos outros mando uma dica.
Para quem quiser cooperar para a páscoa das crianças com câncer.
Façam suas doações para o
G.A.P.C - Grupo de Assistência aos Portadores de Câncer.
CNPJ 10.535.322/0006-01
Av Sen. Feijó, 632 - Encruzilhada - Santos - SP
13 3345 7009
www.gapcbrasil.org.br
Eu faço a minha parte todos os meses, afinal essas crianças provavelmente jamais serão tratadas no Sírio Libanês com dinheiro público.

http://o-mascate.blogspot.com.br/ 
*******************

terça-feira, 20 de março de 2012

O PT que a maioria não vê


O PT vai montar uma "patrulha virtual" e treinar militantes para fazer propaganda e criticar a imprensa em sites de notícias e redes sociais como Twitter e Facebook. O partido quer promover cursos e editar um "manual do tuiteiro petista", com táticas para a guerrilha na internet. A ideia é recrutar a tropa a tempo de atuar nas eleições municipais de 2012.

"Vamos espalhar núcleos de militantes virtuais por todo o país", promete o petista Adolfo Pinheiro, 36, encarregado de apresentar um plano de ação amanhã ao presidente da legenda, Rui Falcão. Os filiados serão treinados para repetir palavras de ordem e usar as janelas de comentários de blogs e portais noticiosos para contestar notícias "negativas" contra o PT.

"Quando sai algo contra um governo petista, a mídia faz escândalo, dá página inteira no jornal. Temos que ir para cima", diz Pinheiro. "Nossa única recomendação é não partir para a baixaria e manter o nível do debate político", afirma ele. A criação dos chamados MAVs (núcleos de Militância em Ambientes Virtuais) foi decidida no 4º congresso do partido, em setembro.

O encontro foi marcado por ataques à imprensa e pela defesa da "regulamentação dos meios de comunicação". O militante à frente do projeto atuou na campanha de Aloizio Mercadante ao governo paulista em 2010. No mês passado, tentou articular um ato contra a revista "Veja" após a publicação de reportagem sobre o ex-ministro José Dirceu. Os petistas dizem que a nova ferramenta também poderá ajudar seus candidatos a enfrentar boatos na rede com maior rapidez. "No ano passado, demoramos demais a rebater calúnias contra Dilma [Rousseff] sobre aborto e luta armada", afirma Pinheiro.

Folha.com 18/10/2011 - 09h37

segunda-feira, 19 de março de 2012

Um pouco de história

Vamos ler com quem faz e é parte da história:


SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2012

Sciencia Economica, ao estilo classico - Paulo Werneck

Meu amigo Paulo Werneck, aduaneiro de profissão, historiador de coração, mantém uma das mais interessantes páginas de história econômica e de comércio exterior que eu conheço: Guardamoria.
Lá é onde ele guarda, mas nos mostra, os mais diferentes acepipes de sua vasta cozinha de pesquisas, com seus comentários intercalados a sondas informações históricas e úteis esclarecimentos sobre os fundamentos de nossa atual economia.
Estão duvidando que o Estado brasileiro -- e o português antes dele -- sempre foi um tosquiador dos contribuintes, dos empresários, dos comerciantes? Não tem problema: basta consultar a página do Guardamoria para lá sair com essa péssima impressão. Somos vítimas, há séculos, de um Estado espoliador, explorador, prebendalista, gastador improdutivo e todos os outros qualificativos que vocês preferirem.
Mas, no momento, apenas um reflexo das coisas boas que muito de vez em quando também produzimos.
José da Silva Lisboa, o homem que antecipou a inteligência como fator de produção, nisso superando Adam Smith. Paulo Werneck nos faz o favor de revisitar nossa história.
Paulo Roberto de Almeida 

domingo, 18 de março de 2012

Super Interessante

Valor Econômico Cultura & Estilo - Mídia 
.
Por Cynthia Malta | De São Paulo 
.
Roberto Civita exibe uma face risonha. Mas isso não significa que se preocupe em agradar ao interlocutor. Dono da maior editora de revistas da América Latina e criador de "Veja", a quarta maior revista semanal de informação do mundo, o controlador do grupo Abril diz que não precisa e não sabe "agradar a todo mundo". Para continuar a leitura, CLIQUE AQUI!

sábado, 17 de março de 2012

Realmente...

A PÁTRIA



Ama, com fé e orgulho, a terra em que nasceste!
Criança! não verás nenhum país como este!
Olha que céu! que mar! que rios! que floresta!
A Natureza, aqui, perpetuamente em festa,
É um seio de mãe a transbordar carinhos.
Vê que vida há no chão! vê que vida há nos ninhos,
Que se balançam no ar, entre os ramos inquietos!
Vê que luz, que calor, que multidão de insetos!
Vê que grande extensão de matas,
onde impera fecunda e luminosa,
a eterna primavera!
.
Boa terra! jamais negou a quem trabalha
O pão que mata a fome, o teto que agasalha...
.
Quem com o seu suor a fecunda e umedece,
Vê pago o seu esforço, e é feliz, e enriquece!
.
Criança! não verás país nenhum como este:
Imita na grandeza a terra em que nasceste!
.
Olavo Bilac

sexta-feira, 16 de março de 2012

A look inside Cuba

Saiba tudo sobre CUBA, veja notícias, fotos e vídeos reunidos no canal de Tópicos do Estadão. 

O PT que a maioria não vê

quinta-feira, 15 de março de 2012

Sabedoria de avó

Quando eu for bem velhinha, espero receber a graça de, num dia de domingo, me sentar na poltrona da biblioteca e, bebendo um cálice de vinho do Porto, dizer a minha neta:
- Querida, venha cá.
Feche a porta com cuidado e sente-se aqui ao meu lado. Tenho umas coisas pra te contar. E assim, dizer apontando o indicador para o alto:
- O nome disso não é conselho, isso se chama colaboração! Eu vivi, ensinei, aprendi, caí, levantei e cheguei a algumas conclusões. E agora, do alto dos meus 82 anos, com os ossos frágeis, a pele mole e os cabelos brancos, minha alma é o que me resta saudável e forte. Por isso, vou colocar mais ou menos assim:
É preciso coragem para ser feliz. Seja valente.
Siga sempre seu coração.
Para onde ele for, seu sangue, suas veias e seus olhos também irão.
Satisfaça seus desejos.
Esse é seu direito e obrigação.
Entenda que o tempo é um paciente professor que irá te fazer crescer, mas escolha entre ser uma grande menina ou uma menina grande, vai depender só de você.
Tenha poucos e bons amigos. Tenha filhos. Tenha um jardim.
Aproveite sua casa, mas vá a Fernando de Noronha, a Barcelona e a Austrália.
Cuide bem dos seus dentes. Experimente, mude, corte os cabelos. Ame. Ame pra valer, mesmo que ele seja o carteiro. Não corra o risco de envelhecer dizendo "ah, se eu tivesse feito... Vai que o carteiro ganha na loteria - tudo é possível, e o futuro é imprevisível.
Tenha uma vida rica de vida! Viva romances de cinema, contos de fada e casos de novela.
Faça sexo, mas não sinta vergonha de preferir fazer amor. 
E tome conta sempre da sua reputação, ela é um bem inestimável. Porque sim, as pessoas comentam, reparam, e se você der chance elas inventam também detalhes desnecessários. Se for se casar, faça por amor. Não faça por segurança, carinho ou status.
A sabedoria convencional recomenda que você se case com alguém parecido com você, mas isso pode ser um saco!
Prefira a recomendação da natureza, que com a justificativa de aperfeiçoar os genes na reprodução, sugere que você procure alguém diferente de você.
Mas para ter sucesso nessa questão, acredite no olfato e desconfie da visão.
É o seu nariz quem diz a verdade quando o assunto é paixão.
Faça do fogão, do pente, da caneta, do papel e do armário, seus instrumentos de criação.
Leia. Pinte, desenhe, escreva. E por favor, dance, dance, dance até o fim, se não por você, o faça por mim.
Compreenda seus pais. Eles te amam para além da sua imaginação, sempre fizeram o melhor que puderam, e sempre farão.
Não cultive as mágoas - porque se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é que um único pontinho preto num oceano branco deixa tudo cinza.
Era só isso minha querida.
Agora é a sua vez.
Por favor, encha mais uma vez minha taça e me conte: como vai você?
(recebi este texto via e-mail, li, gostei e passo adiante)

Sem conserto

Fonte Revista Veja Edição 2214 

VANGUARDA DO ATRASO: O carrão americano dos anos 50 quebrado e com o capô aberto, o maior símbolo da devastação que a ditadura de Fidel e de Raúl promoveu em  Cuba.




Duda Teixeira
Internacional

Após mais de meio século transformando a ilha caribenha em um inferno moral e material, os irmãos Castro reconhecem que o comunismo não funciona nem em Cuba.


Os carros dos anos 50 são um dos principais componentes exóticos de Havana, capital de Cuba. É necessária a autorização do estado para colocar um motor mais moderno nessas latas-velhas, o que só se consegue subornando alguém. Por isso, quando não há mais conserto, os veículos acabam abandonados em uma rua qualquer. São a metáfora perfeita do país. Durante as últimas cinco décadas, Cuba foi dirigida como uma fazenda por seu capataz, Fidel Castro. E, mais recentemente, por seu irmão Raúl. Apesar de um reparo ou outro na mecânica da economia, sem sucesso, eles nunca fizeram o que era preciso para o país avançar: jogar fora os fundamentos comunistas, abolindo o monopólio estatal e a proibição de propriedade privada. Na semana passada. no encerramento do 6° Congresso do Partido Comunista de Cuba, Raúl foi oficializado como primeiro-secretário no lugar de Fidel, de 84 anos. O herdeiro da massa falida admitiu, finalmente, que o comunismo não funciona, nem mesmo em uma ilha paradisíaca do Caribe. Mas admitir o fracasso não significa muito para os ditadores cubanos.

Entre as medidas cosméticas anunciadas por Raúl no ano passado e confirmadas no congresso do partido estão a demissão de meio milhão de funcionários públicos e o fim do subsídio para alimentos e produtos de higiene. Ou seja, rompe-se o fiapo de sobrevivência garantido pelo estado à maioria dos cubanos, os 20 dólares mensais pagos nos empregos estatais e o cartão de subsídio. "Sem os benefícios e sem a chance de prosperarem livremente segundo as regras do capitalismo, os cubanos estão sendo agraciados só com o que há de pior no socialismo, sem contrapartidas", diz o cientista político cubano.

Humberto Fontova, exilado nos Estados Unidos. Mais do que nunca, os habitantes da ilha sobreviverão das remessas de dólares de seus familiares que conseguiram escapar da tirania de Fidel e Raúl e se estabelecer nos Estados Unidos. Como dizem os cubanos, que, como poucos, sabem rir da própria desgraça, para viver em Cuba é preciso ter "FE" - Família no Exterior.

O fim da melancólica experiência de dominação dos irmãos Castro não é surpresa. Em 1962, três anos depois do triunfo da Revolução Cubana, quando se começaram a medir as agruras a que (os "menos iguais" da ilha eram submetidos pelos "mais iguais", a porção média de carne e feijão no prato dos cubanos sob o regime comunista era apenas um quarto da que os escravos ingeriam em 1842, ao tempo em que a ilha era colônia espanhola. Pelo menos os escravos podiam pescar na vasta e generosa costa da ilha caribenha - atividade popular suprimida pela ditadura castrista pelo motivo óbvio de que os barcos prefeririam escapar da prisão cruzando os 150 quilômetros de extensão do Estreito da Flórida a fisgar algum peixe.

Nos anos 50, antes dos Castro. Cuba tinha uma das maiores rendas per capita da América Latina e era mais próspera do que a Espanha e a Áustria. Os cubanos possuíam mais automóveis, em proporção à população, do que os japoneses e a menor mortalidade infantil da América Latina. Em poucos anos, as comodidades tornaram-se privilégio apenas dos Castro, da elite governante e dos embasbacados convidados estrangeiros. Para os cubanos pobres, a cada ano se renovavam as demandas de mais sacrifício e luta. A fome e a miséria material e moral impostas à população poderiam ter sido ainda mais cruéis não fosse o fato de que, até ruir sob suas próprias contradições, em 1991, a União Soviética tentou em vão viabilizar o experimento ditatorial castrista com injeções de dinheiro equivalentes a oito Planos Marshall- a ajuda de 13 bilhões de dólares dada pelos Estados Unidos para reerguer a Europa depois da II Guerra Mundial. Quanto sofrimento por nada.

Poucos participam

Para reclamar existem milhões, é fácil, mas na hora em que surge uma oportunidade para agir contra a infame classe política, poucos comparecem. É a segunda vez que publico, com certeza não será  a última, faço com o propósito de sensibilizar algumas mentes para tão nobre causa.

quarta-feira, 14 de março de 2012

E o Brasil...

Libreta de Racionamiento

Você sabia? 
Você sabia que em Cuba a libreta de racionamento é calculada para 1.800 calorias, e que muitos produtos da libreta são puras fantasias e outros dependem de safra? Há 4 anos a libreta de racionamento era de 1.600 calorias, e houve uma epidemia de doenças mentais e crianças nascidas defeituosas, e que Fidel culpou a CIA de uma possível guerra biológica, e que a OMS (Organização Mundial de Saúde) detectou que era um problema de avitaminoses, por falta de vitaminas e proteínas no racionamento, e a OMS enviou cápsulas multivitamínicas à Cuba e o racionamento teve que aumentar para 1.800 calorias a libreta. Você sabia que um camponês que sacrifique uma de suas vacas, bezerro ou boi para alimentar sua família, ou vender a carne, vai preso por 5 anos? Em Cuba não se consegue, nem está incluídos na libreta de racionamento, o papel higiênico, sabonete, absorventes higiênicos e leite para adultos, entre outras coisas. O absorvente higiênico é substituído por algodão, no mercado negro, encontra nas ruas, vendido por senhoras de idade a quem interessar esse conforto íntimo feminino. Continuando, você sabia que em Cuba está proibido ao cubano o acesso à Internet, que é delito que se castiga com prisão ler algo que o regime não permita, escutar rádio e ver televisão estrangeira, e que é delito opinar livremente, que os funcionários do Comitê de Defesa , que funciona em cada quarteirão, levam um registro das atividades de todos os vizinhos e que você e sua família ver-se-iam muito mal se considerarem que vocês são suspeitos de não apoiar o sistema?

As tubulações de água estão vencidas e descompostas e mais de 50% das residências não recebem água encanada, e a água, quando chega, é só por horas, e os caminhões pipa só aparecem uma vez por semana para que as famílias encham seus tonéis. A eletricidade só chega por horas, aonde chega, e que os apagões são constantes todos os dias, danificando os poucos aparelhos eletrodomésticos que ainda existem. Sabia você que as jineteras, prostitutas cubanas, são o mais moderno exemplo da nova moral revolucionária.

CONCLUSÃO
Por último, Cuba é o último reduto de um sistema que foi derrubado a patadas pelo povo nos países da Europa Oriental, e que os habitantes desses países consideraram que aquilo foi um pesadelo que não querem recordar jamais, e que os Partidos Comunistas envergonhados e desprezados mudaram de nome para enganar com outra máscara.

É isto que você quer para o seu país ?

terça-feira, 13 de março de 2012

Aniversário

Hoje minha gata está de parabéns!
São trinta anos de momentos compartidos.
Trinta anos vividos.
E imaginar que começou como naquela música...


Tudo era apenas uma brincadeira
e foi crescendo, crescendo me absorvendo
e de repente eu me vi assim completamente seu
vi a minha força amarrada no seu passo
vi que sem você não tem caminho eu não me acho
Vi um grande amor gritar dentro de mim
como eu sonhei um dia

Rir é o melhor remédio

domingo, 11 de março de 2012

Um ano depois


O Mascate

E nóis vai esportá Jeguis!!!


O governo Chinês vai importar Jegues brasileiros para o abate, todos sabemos que "china" que se preze come qualquer coisa que nade, ande, rasteje ou voe. E a demanda pela carne "Jegüina" está crescendo a ponto dos "chinas" virem comprar na Pocilga.
O Brasil é o maior criador MUNDIAL de Jegues da raça "safadus corruptus", também criamos as raças "picaretus ladronis" e a "descaradus vagabundus".
A imagem acima mostra a maior fazenda de criação de Jegues do país com seus currais lotados de muares para o abate.
Temos ainda dois outros grandes grupos de criadores que atuam nos estados e nos municípios. Esses criam as sub raças "deputatus punguistum" e os "vereadorum ordinarius".
Certamente os Chinas não passarão fome com a exportação de Jegues da pocilga para seu país. O único problema é que a carne desses animais tem uma bactéria que pode causar sérios prejuízos ao bolso dos consumidores. É a "propinus descaradus", uma bactéria que é extremamente contagiosa e de fácil propagação e de dificil controle.
Mas...
Se os "chinas" querem os nossos Jegues...
Que levem e façam bom proveito deles.

sábado, 10 de março de 2012

O PT que a maioria não vê

.
O ex-ministro da Casa Civil Antonio Palocci foi escalado para atuar, informalmente, na arrecadação da campanha de Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo. Segundo integrantes da coordenação do petista, Palocci irá “abrir portas” com os potenciais colaboradores. Para ajudar na participação do ex-ministro, o prefeito de Osasco (SP), Emidio de Souza, foi convidado para assumir a coordenação de finanças do comitê eleitoral. O convite foi formalizado pelo presidente estadual do PT, Edinho Silva, anteontem.


A afinidade com Palocci pesou para a escolha de Emidio. A ideia é que o ex-titular da Casa Civil aborde possíveis doadores e recomende Emidio como representante formal. Além de Palocci, Emidio tem bom relacionamento com o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que deve contribuir com Haddad. Em 2010, Emidio exerceu papel de interlocutor com o empresariado na campanha de Aloizio Mercadante ao governo paulista. Segundo petistas, Emidio ainda não foi oficialmente convidado por Haddad, mas já admitiu que não poderia recusar um pedido de Lula. Antes dele, Vaccari e o deputado José de Fillipi foram sondados. Fillipi queria trabalhar no programa, e Vaccari achou difícil compatibilizar essa função com a de tesoureiro do PT, segundo petistas. Coordenador da campanha de Dilma, Palocci deixou o cargo após a Folha revelar sua evolução patrimonial.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Aniversário

Parabéns Joinville! 

Para quê educação?

Porto Alegre (RS), 16 de julho de 2011 


Meu nome é Maurício Girardi. Sou Físico. Pela manhã sou vice-diretor no Colégio Estadual Piratini, em Porto Alegre , onde à noite leciono a disciplina de Física para os três anos do Ensino Médio. Pois bem, olha só o que me aconteceu: estou eu dando aula para uma turma de segundo ano. Era 21/06/11 e, talvez, “pela entrada do inverno”, resolveu também ir á aula uma daquelas “alunas-turista” que aparecem vez por outra para “fazer uma social”. Para rever os conhecidos. Por três vezes tive que pedir licença para a mocinha para poder explicar o conteúdo que abordávamos. 

Parece que estão fazendo um favor em nos permitir um espaço de fala. Eis que após insistentes pedidos, estando eu no meio de uma explicação que necessitava de bastante atenção de todos, toca o celular da aluna, interrompendo todo processo desenvolvimento de uma idéia e prejudicando o andamento da aula. 
.
Mudei o tom do pedido e aconselhei aquela menina que, se objetivo dela não era o de estudar, então que procurasse outro local, que fizesse um curso à distância ou coisa do gênero, pois ali naquela sala estavam pessoas que queriam aprender' e que o Colégio é um local aonde se vai para estudar. Então, a “estudante” quis argumentar, quando falei que não discutiria mais com ela. 

Neste momento tocou o sinal e fui para a troca de turma. A menina resolveu ir embora e desceu as escadas chorando por ter sido repreendida na frente de colegas. De casa, sua mãe ligou para a Escola e falou com o vice-diretor da noite, relatando que tinha conhecidos influentes em Porto Alegre e que aquilo não iria ficar assim. Em nenhum momento procurou escutar a minha versão nem mesmo para dizer, se fosse o caso, que minha postura teria sido errada. Tampouco procurou a diretoria da Escola. 

Qual passo dado pela mãe? Polícia Civil!... Isso mesmo!... tive que comparecer no dia 13/07/11, na 8.ª (oitava Delegacia de Polícia de Porto Alegre) para prestar esclarecimentos por ter constrangido (“?”) uma adolescente (17 anos), que muito pouco frequenta as aulas e quando o faz é para importunar, atrapalhar seus colegas e professores'. A que ponto que chegamos? Isso é um desabafo!... Tenho 39 anos e resolvi ser professor porque sempre gostei de ensinar, de ver alguém se apropriar do conhecimento e crescer. Mas te confesso, está cada vez mais difícil. 

Sinceramente, acho que é mais um professor que o Estado perde. Tenho outras opções no mercado. Em situações como essa, enxergamos a nossa fragilidade frente ao sistema. Como leitor da tua coluna, e sabendo que abordas com frequência temas relacionados à educação, ''te peço, encarecidamente, que dediques umas linhas a respeito da violência que é perpetrada contra os professores neste país''. 

Fica cristalina a visão de que, neste país: 
Ø NÃO PRECISAMOS DE PROFESSORES 
Ø NÃO PRECISAMOS DE EDUCAÇÃO 
Ø AFINAL, PARA QUE SER UM PAÍS DE 1° MUNDO SE ESTÁ BOM ASSIM 

Alguns exemplos atuais: 

· Ronaldinho Gaúcho: R$ 1.400.000,00 por mês. 
Homenageado pela “Academia Brasileira de Letras"... 
· Tiririca: R$ 36.000,00 por mês. 
Membro da “Comissão de Educação e Cultura do Congresso"... 

TRADUZINDO: SÓ O SALÁRIO DO PALHAÇO, PAGA 30 PROFESSORES. PARA AQUELES QUE ACHAM QUE EDUCAÇÃO NÃO É IMPORTANTE: CONTRATEM O TIRIRICA PARA DAR AULAS PARA SEUS FILHOS. 

Um funcionário da empresa Sadia (nada contra) ganha hoje o mesmo salário de um “ACT” ou um professor iniciante, levando em consideração que, para trabalhar na empresa você precisa ter só o fundamental, ou seja, de que adianta estudar, fazer pós e mestrado? Piso Nacional dos professores: R$ 1.187,00… 


Moral da história: Os professores ganham pouco, porque “só servem para nos ensinar coisas inúteis” como: ler, escrever, pensar,formar cidadãos produtivos, etc., etc., etc.... 

SUGESTÃO: Mudar a grade curricular das escolas, que passariam a ter as seguintes matérias: 

Ø Educação Física: Futebol; 
Ø Música: Sertaneja, Pagode, Axé; 
Ø História: Grandes Personagens da Corrupção Brasileira; Biografia Heróis do Big Brother; Evolução do Pensamento das Celebridades 
Ø História da Arte: De Carla Perez a Faustão; 
Ø Matemática: Multiplicação fraudulenta do dinheiro de campanha; 
Ø Cálculo: Percentual de Comissões e Propinas; 
Ø Português e Literatura: ?... Para quê ?... 
Ø Biologia, Física e Química: Excluídas, excesso de complexidade. 

Está bom assim? ... eu quero mais!... 

ESSE É O NOSSO BRASIL ... 

Vejam o absurdo dos salários no Rio de Janeiro 
(o que não é diferente do resto do Brasil) 

Ø BOPE -       R$ 2.260,00  para  Arriscar a vida; 
Ø Bombeiro - R$    960,00  para Salvar vidas; 
Ø Professor - R$     728,00 para Preparar para a vida; 
Ø Médico -    R$  1.260,00  para Manter a vida; 


E o Deputado Federal?.....R$ 26.700,00 (fora as mordomias, gratificações, viagens internacionais, etc., etc., etc., para FERRAR com a vida de todo mundo, encher o bolso de dinheiro e ainda gratificar os seus “bajuladores” apaniguados naquela manobrinha conhecida do “por fora vazenildo”!). 


IMPORTANTE: 

Faça parte dessa “corrente patriótica” um instrumento de conscientização e de sensibilização dos nossos representantes eleitos para as Câmaras Municipais, Assembleias Estaduais e Congresso Nacional e, principalmente, para despertar desse “sono egoísta” as autoridades que governam este nosso maravilhoso país, pois eles estão inertes, confortavelmente sentados em suas “fofas” poltronas, de seus luxuosos gabinetes climatizados, nem aí para esse povo brasileiro. Acorda Brasília, acorda Brasil !... 

P.S.: Divulgue logo esta carta para todos os seus contatos. Infelizmente é o mínimo que, no momento, podemos fazer, mas já é o bastante para o Brasil conhecer essa "pouca vergonha". As próximas eleições estão chegando!